BRASILTURIS JORNAL - Mercedes traz E 63 AMG para o Brasil

Mercedes traz E 63 AMG para o Brasil

Destaque para o novo motor 5.5 litros V8 biturbo com 557 cavalos


Publicado em 07/06/2012 às 13h14
« Ir para a lista de matérias


O principal concorrente da E 63 AMG é a BMW M5

A Mercedes-Benz traz ao Brasil o novo E 63 AMG. O sedã de alta performance traz agora o novo motor V8 AMG 5,5 litros biturbo, o mesmo que equipa o CLS 63 AMG. Sua potência máxima é de 557 cavalos, apresentando uma redução no consumo de cerca de 20% menos do que seu antecessor, equipado com o motor AMG V8 6,3 litros aspirado.

 

O E 63 AMG é o veículo mais eficiente em sua classe. A principal contribuição para chegar a esses números é a presença da transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT de sete marchas e do novo sistema de direção eletromecânica esportiva sensível à velocidade AMG.

 

Motor super-preparado

 

A usina de força de oito cilindros reúne uma combinação de componentes inovadores de alta tecnologia. Além da injeção direta com spray direcionado, com injetores piezo-elétricos, ele inclui um cárter totalmente em alumínio, tecnologia de quatro válvulas por cilindro com ajuste do eixo de comando, intercooler a ar e água, gerenciamento do alternador e sistema stop/start.

 

Deslocando 5.461 cm3, o oito-cilindros gera (na versão original), um máximo de 525 cv de potência e 700 Nm de torque. Na configuração oferecida para os clientes brasileiros, que possui o pacote AMG Performance, esses números sobem para 557 cv e 800 Nm.

 

e63

 

Assim, o E 63 AMG, assim, têm um desempenho impressionante. Sua aceleração de 0 a 100 km/h é de apenas 4,2 segundos e velocidade máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente). Além disso são 800 Nm de torque  que podem ser obtidos por ampla faixa de rotações do motor, entre 2.000 a 4.500 rpm.

 

O avanço em potência e torque obtido pelo pacote AMG Performance se deve, principalmente, ao aumento da pressão de alimentação de 1,0 para 1,3 bar. A diferenciação visual é feita pela cobertura do motor em fibra de carbono. A versão trazida para o Brasil também inclui volante AMG Performance com Alcantara preto na área de contato, pinças de freios vermelhas e, no caso do Saloon, o defletor em fibra de carbono autêntica na tampa do porta-malas e persiana elétrica no vidro traseiro.

 

Transmissão AMG SPEEDSHIFT MCT com sete marchas

 e63

A principal  contribuição para os índices de consumo do carro é dada pela transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT de sete marchas. Em vez de um conversor de torque convencional, ela utiliza uma embreagem compacta imersa em óleo. O E 63 AMG também dispõe de função stop/start de série: ela permanece ativa no modo de transmissão Controlled Efficiency ("C" - eficiência controlada) e desliga o motor de oito cilindros sempre que o carro fica parado.

 

A função stop/start pode ser ativada ou desativada pelo botão ECO, localizado no console central. Quando a transmissão está no modo "C", o veículo arranca sempre em segunda marcha. O sistema também troca marchas bem mais cedo e evita altas rotações do motor. A alimentação de combustível comandada pela demanda e um sistema de gerenciamento do alternador com recuperação de energia durante as desacelerações contribuem ainda mais para a economia de gasolina.

 

Os modos de transmissão "S" (Sport), "S+" (Sport plus) e "M" (Manual) incrementam a agilidade do carro de forma muito perceptível. Tempos de resposta menores, maior rotação do motor e mais trocas espontâneas de marchas mostram todo o potencial do motor AMG V8 biturbo. Nesses três modos de transmissão, não apenas o sistema stop/start é desativado como, em plena carga, o gerenciamento do motor suprime parcialmente os cilindros. Esta interrupção da ignição e injeção gerenciada resulta em trocas de marchas mais rápidas e cria um efeito acústico interessante.

 

Suspensão esportiva AMG RIDE CONTROL

 e63

O E 63 AMG traz a suspensão AMG RIDE CONTROL, com eixo dianteiro especialmente projetado. A bitola foi alargada em 56 mm em relação à do E 500 e inclui suportes de rodas independentes, com cambagem negativa na dianteira, proporcionando benefícios em termos de aderência ao percorrer curvas com velocidade. Outros itens importantes são as torres de suspensão de aço no eixo dianteiro e amortecedores pneumáticos no eixo traseiro, com controle automático de nível. Também é de série o sistema de amortecimento com controle eletrônico, que ajusta automaticamente as características dos amortecedores de acordo com a situação de rodagem e reduz o ângulo de rolagem da carroceria. O resultado é um ajuste que alia o máximo de conforto de rodagem com máxima agilidade. O condutor pode escolher entre as regulagens de suspensão "Comfort", "Sport" e "Sport plus", ao toque de um botão.

 

O sistema de direção do E 63 AMG também é novo. Chamada de paramétrica, a direção esportiva eletromecânica AMG sensível à velocidade apresenta uma relação mais direta (14:1) e força de assistência variável, que se adapta ao modo de suspensão selecionado. Isso resulta em uma dirigibilidade extremamente ágil ao longo das curvas. A direção também ajuda a reduzir o consumo, já que o sistema de assistência só gasta energia quando o volante está sendo esterçado.

 

Assim como o sistema ESP (programa de controle estabilidade) de três estágios, com modo SPORT, os equipamentos de série incluem o sistema de frenagem AMG de alta performance, com material composto no eixo dianteiro. Ótima aderência ao solo é oferecida pelas novas rodas AMG de liga leve com 18 polegadas e design de 5 raios duplos, equipadas com pneus 255/R 40 R 18 na frente e 285/35 R 18 na traseira. O sistema "flowforming" (conformação por fluxo), já usado no SLS AMG e no CLS 63 AMG, aumenta ainda mais a durabilidade das rodas de liga leve, ao mesmo tempo em que reduz o peso em até 0,8 kg por unidade. Essa redução das massas não suspensas ajuda a melhorar tanto a dirigibilidade como o conforto de rodagem.

 

Estilo

 

Exteriormente, o E 63 AMG com o novo motor M157 é identificado por suas novas rodas de liga leve com 5 raios duplos e pelo logotipo "V8 BITURBO" nos exclusivos para-lamas dianteiros alargados. Outras características que ajudam na individualização do carro são a estilização AMG, com um design específico para as partes dianteira e traseira, juntamente com as soleiras laterais AMG e o sistema de escapamento AMG com duas ponteiras duplas cromadas.

 

Interior

 e63

Um item marcante no interior é o novo volante AMG Performance com três raios. O aro desta direção, que também é usada no CLS 63 AMG, é achatado tanto no alto como embaixo para proporcionar um controle do veículo ainda melhor. Outros itens de identificação no volante: borboletas de mudança de marchas em alumínio, couro perfurado nas áreas de contato e o desenho tridimensional da cobertura do airbag, com a estrela da marca e friso metálico no tom "Silver Shadow". Isto tudo é complementado pela nova alavanca de mudanças E-SELECT com o distintivo AMG no console central.

 

O mostrador tridimensional colorido TFT, no centro do velocímetro, é similar ao utilizado no CLS 63 AMG. O motorista é saudado por um marcante logotipo AMG assim que a porta é aberta.

 

Sistemas de assistência

 

O E 63 AMG apresenta sistemas de assistência ao motorista que alertam sobre situações de risco e ajudam a prevenir acidentes. Um dos destaques é o PRE-SAFE, que ao detectar uma possível colisão, aciona os ajustes dos cintos de segurança, regula os bancos e a inclinação dos encostos de cabeça, segurando os passageiros junto aos assentos para evitar o chicoteamento da cabeça e o impacto do airbag em caso de acidentes.

 

Outro sistema importante é o Neck-Pro, apoios de cabeça dos bancos dianteiros acionados em caso de colisão traseira, para proteger o pescoço dos ocupantes contra o denominado “efeito chicote”.

 

O E 63 AMG possui também o Attention Assist, que analisa continuamente o comportamento de direção do condutor e avisa, por meio de sinal visual e sonoro, quando características típicas de sonolência ou desatenção são detectadas.




Separe os emails de seus amigos por ";"


Mais Vistas